AMP premia jornalistas em evento na Jornada Mineira de Psiquiatria

O centro de Convenções da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) foi palco na quinta-feira, 20 de junho, da entrega do prêmio AMP de Jornalismo. O concurso, instituído para agraciar as melhores reportagens veiculadas em jornal impresso, rádio e TV premiou a jornalista Rafaela Mansur, do jornal O Tempo, com a matéria “Arte ajuda em tratamento de pacientes no Galba Veloso”; Verônica Pimenta, da Rádio Inconfidência, com a reportagem “O suicídio”; e Tábata Poline, da Rede Globo, com a reportagem “Residências Terapêuticas devolvem a liberdade para pacientes com sofrimento mental”. O objetivo do concurso foi aproximar a imprensa da especialidade, desmistificando os aspectos que envolvem os transtornos mentais e o estigma que pesa sobre a psiquiatria e seus pacientes.

A entrega ocorreu durante a abertura oficial da XXI Jornada Mineira de Psiquiatria, da Jornada ABP Sudeste de Psiquiatria,  IV Simpósio Latino-americano de Prevenção ao Suicídio e do XVV Simpósio de Neuromodulação, que contou com a presença na mesa da presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria, Carmita Abdo; do presidente da Associação Mineira de Psiquiatria, Humberto Correa; Walter Antônio Pereira, presidente da Academia Mineira de Medicina, Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos, presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais, Maria Inês de Miranda Lima, presidente da Associação Médica de Minas Gerais e Amélia Pessoa, representante de Luiz de Mendonça, presidente do Sindicado dos Médicos de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


× dois = 8