Caminhada movimenta o Setembro Amarelo na capital mineira

Cerca de 300 pessoas participam de evento no Parque Municipal que contou com a banda de música do exército

 

Para encerrar a programação do Setembro Amarelo deste ano a Associação Mineira de Psiquiatria (AMP) , o Centro de Valorização da Vida e o Exército Brasileiro realizaram uma caminhada no Parque Municipal no dia 30 de setembro. A manhã de domingo contou com a banda de música do Exército que animou o evento durante quase duas horas com distribuição de camisetas e balões, além da caminhada que percorreu grande parte do parque. O objetivo do evento foi alertar e conscientizar a sociedade para a prevenção ao suicídio. Psiquiatras, psicólogos, profissionais de saúde e público em geral que estiveram na caminhada chamaram atenção da cidade para o tema.

Para o presidente da AMP, o psiquiatra Humberto Corrêa, o evento “cumpriu seu objetivo maior que é de mobilização de cidadãos em torno da prevenção ao suicídio”. Corrêa ainda fala sobre a necessidade de mudar certos hábitos e realidades. “Ainda vivemos em uma sociedade onde é tabu falar sobre o tema, e em quase todas as áreas. Precisamos mudar isso”, afirma. O evento levou cerca de 300 pessoas ao Parque Municipal e deixou o espaço tomado pela cor amarela em toda sua dimensão. No final da caminhada houve um abraço ao coreto simbolizado a preocupação de se falar sobre o tema e sobre o que pode ser feito para se evitar o suicídio.

Desde 2016 a AMP participa e organiza o Setembro Amarelo no estado. O mês é escolhido por causa do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, criado em 2003, pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O dia 10 de setembro conta com cerca de 600 atividades em 70 países em todo mundo e tem como objetivo alertar governos e cidadãos sobre o tema.

 

Crédito das fotos : Dea Tomich

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


+ nove = 14