I Encontro dos Residentes de Psiquiatria de Minas Gerais movimenta a capital mineira

Evento foi marcado pelo alto nível de residentes e conferencistas e contou com o apoio da Associação Brasileira de Psiquiatria

 

Com mais de uma centena de participantes, entre residentes, psiquiatras e profissionais envolvidos, o I Encontro de Residentes de Psiquiatria de Minas Gerais marcou a abertura do calendário de eventos de 2018 da AMP. Com quase 10 horas de discussões e aprofundamento em assuntos importantes da psiquiatria, o evento reuniu  nomes de referência nacional do setor como Humberto Correa, presidente da AMP. Frederico Garcia, coordenador do Centro de Referencia em Drogas da UFMG, entre outros. O evento ainda contou com a participação da presidente da Associação Médica de Minas Gerais, Maria Inês Miranda Limas e do presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais Fábio Augusto de Castro Guerra.

Logo na abertura do evento o psiquiatra Antônio Carlos Correa falou sobre a história da Associação Mineira de Psiquiatria e da residência em Minas Gerias. Em sua fala Antônio Carlos apontou a influência do Hospital Galba Veloso na psiquiatria mineira. Ele relatou como se desenvolveu o movimento associativo no estado e como surgiu o departamento de psiquiatria na Associação Médica de Minas Gerias.  Ele falou também da importância do psiquiatra Jorge Paproki para o setor e a influência da fundação da Associação Mundial de Psiquiatria em 1961 para a formação da AMP em 1970.

Após a fala do Antônio Carlos Correa, abriu-se o espaço para apresentação de trabalhos de residentes. O primeiro assunto foi conduzido pela residente Roberta Pena (HERS-Fhemig) com o tema Revisitando o autismo: Interfaces entre esquizofrenia e transtorno do espectro autista. Em sua fala Roberta falou sobre características das patologias e como elas podem estar interligadas. O segundo trabalho apresentado por Sarah Mendes (HERS-Fhemig) e teve como tema Ayahuasca: potencial uso terapêutico ou fator de risco para quadros psicóticos.  Nessa apresentação Sarah Mendes expôs a preocupação do uso indiscriminado da Ayahuasca e como ela pode afetar pacientes psiquiátricos.

Logo após o primeiro intervalo o presidente da AMP, Humberto Correa, fez a palestra com o tema Psicofarmacologia dos Antidepressivos.  Em sua fala, Correa contou um pouco da história dos antidepressivos. Como surgiram os primeiros tratamentos com doentes mentais, como os primeiros comprimidos foram criados, como os laboratórios foram surgindo com novas drogas e como isso afetou o tratamento psiquiátrico. Antes do intervalo do almoço, ainda houve a palestra do psiquiatra Thiago Rodrigo com o tema Hope & Ricovery na Esquizofrenia e do secretário geral da AMP , o psiquiatra Frederico Garcia, que falou sobre Gestão e Empreendedorismo na Psiquiatria.

O turno da tarde foi aberto com a palestra Os desafias do ensino de psiquiatria na residência médica: visão dos coordenadores. Nela participaram Alexandre de Rezende Pinto (UFJF), Gustavo Lembi (Coordenador da residência de Betim),  Luciana Rodrigues (Cepai/Fhemig), Paulo José Ribeiro Teixeira (Ipsemg), Paulo Marcos Brasil (UFMG), Pedro Paulo Narciso Avelar (Unimontes), Ricardo Victal (UFU), Sérgio Passos Ribeiro Campos (HERS/Fhemig). Logo depois foi a vez do cinema. O psiquiatra Elie Cheniaux falou sobre Psiquiatria e Cinema analisando a obra de Alfred Hitchcook.

Um dos pontos altos do encontro foi marcado pela última palestra que contou com a participação da presidente da Associação Médica de Minas Gerais, Maria Inês Miranda Limas e do presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais Fábio Augusto de Castro Guerra. Com o tema Fundamentos éticos no início da carreira: como preparar eticamente o médico residente e jovem para a atuação profissional eles falaram para uma platéia atenta que encheu o  auditório do CRM-MG. Após o encerramento do evento houve a posse da nova diretoria da AMP. Nela o psiquiatra Humberto Correa, novo presidente, falou dos projetos e objetivos da entidade para os próximos três anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


9 − três =