Jornada Mineira de Psiquiatria abriga este ano o XIV Simpósio Internacional Diálogos entre a Clínica e a Neurociência

Maior evento regional de psiquiatria do país abre sua programação para importante encontro internacional

A XX Jornada Mineira de Psiquiatria terá em sua grade de programação dois importantes eventos paralelos.  A Associação Mineira de Psiquiatria vai promover o I Fórum das Ligas Acadêmicas de Psiquiatria e Saúde Mental  de Minas Gerais que reunirá alunos e profissionais em torno de temas fundamentais para a valorização da formação profissional  e o XIV Simpósio Internacional Diálogos Entre a Clínica e as Neurociências   que terá em sua edição o tema Suicídio: Desafio Para a Saúde Pública e Para Pesquisa. Este último vai reunir especialistas  brasileiros e estrangeiros que vão discutir e ampliar o conhecimento sobre o tema.

O Simpósio vai abrir seus trabalhos no dia 14 às 18h30 com o ENCONTRO MINEIRO DE ENLUTADOS POR SUICÍDIO que contará com a participação de Vivian Zicker do Grupo de Enlutados por suicídio (GAES)  da UFMG e com Karen Scavacini da ONG Vita Alere de São Paulo.Esse evento será aberto ao público e os interessados não necessitam fazer inscrição prévia, mas a organizaçãosugere que se apresentem vinte minutos antes do início do mesmo.  Depois de uma procura significativa de pessoas no ano passado, a Associação Mineira de Psiquiatria (AMP) resolveu estender também em 2018  a participação da população em alguns eventos.

No dia seguinte o Simpósio recomeça suas discussões com a mesa redonda SOBREVIVENTES: DIFERENTES FACES onde serão discutidos os temas A clínica dos sobreviventes enlutados por suicídio, Sobrevivendo: o suicídio no contexto familiar e O impacto do suicídio no profissional de saúde essa mesa vai acontecer na Sala 2 e vai terminar às 10h00. Logo após um intervalo de meia hora terá início na Sala 1 a conferência SUICIDE PREVENTION AMONG ADOLESCENTS com o psiquiatra italiano Marcho Sarchiaponi da Universidade de Molise. Às 11h30, na mesma sala,  será a vez do psiquiatra português Ricardo Gusmão falar na conferência A PREVENÇÃO DO SUICÍDIO É POSSÍVEL? MITOS, INSUCESSOS E OPORTUNIDADES.  Na parte da tarde os trabalhos serão iniciados com a participação do psiquiatra Valentim Gentil na conferência A POSSIBILIDADE (E VICISSITUDES) DA PREVENÇÃO PRIMÁRIA DE QUADROS PSIQUIÁTRICOS PELA REDUÇÃO DA EXPOSIÇÃO A SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS na sala 1 . No mesmo horário vai acontecer na sala 2 a mesa redonda ADOLESCENTES: CONSTRUÇÃO DE VIDA E DESEJO DE MORTE.

Às 16h30 o psiquiatra e presidente as AMP Humberto Correa vai conduzir na sala 1 a conferência SUICÍDIO EM MÉDICOS E EM ESTUDANTES DE MEDICINA e logo após, na mesma sala,  Marcho Sarchiaponi volta para dar a conferência GENETIC OF SUICIDE: THE ROLE OF THE G X E INTERACTION.  Para encerrar o dia haverá dois eventos. Às 18h00 se inicia o painel O SUICÍDIO NAS ARTES e logo após a SESSÃO DE CINEMA COM PIPOCA E DISCUSSÃO com a participação do cineasta Artur Henrique Costa Pinto e com o psiquiatra Gustavo Lembi. Nessa parte será apresentado o filme ELENA da diretora Petra Costa que também será aberto ao público. No sábado, e último dia, os trabalhos vão de 08h00 às 12h30 com as palestras CRISE SUICIDA: PRIMEIRAS AÇÕES PARA INTERVENÇÃO E SALVAMENTO, O CUIDADO COM O PACIENTE SUICIDA e a mesa redonda PSICOTERAPIAS  onde serão discutidos os temas A clínica psicanalítica do suicídio, Terapia cognitiva e suicídio, EMDR e suicídio e Psicoterapia existencial e suicídio. Para mais informações acesse o site http://psiquiatria2018.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


nove − 3 =