Nova diretoria da AMP toma posse durante encontro de residentes em Belo Horizonte

Entidade organiza primeiro evento de 2018 abrindo calendário da psiquiatria no estado

 

A nova diretoria da Associação Mineira de Psiquiatria toma posse no próximo dia 03 de março às 18 horas durante o encerramento do I Encontro de Residentes de Psiquiatria de Minas Gerais. A solenidade e o evento serão realizados na sede do CRM-MG  (Rua Timbiras – 1.200, B. Funcionários) em Belo Horizonte. Essa nova gestão foi aclamada em assembléia realizada em dezembro de 2017 na sede da AMP com a presença dos nomes mais importantes da psiquiatria mineira.

Para o novo presidente da AMP, o psiquiatra Humberto Correa, “a aclamação da nossa chapa foi a comprovação da qualidade do trabalho desenvolvido desde 2012”. Humberto que fazia parte da diretoria anterior aponta alguns pontos importantes dos projetos desenvolvidos. “Os Congressos Mineiros são um exemplo da dinâmica e do estilo de gestão que foram realizados na AMP. Substituí-los de tri-anual para anual foi uma decisão que mudou intensamente o papel da entidade”.  Outra mudança marcante na gestão foi o aumento das jornadas no interior que tem tido um número maior a cada ano.

Segundo o psiquiatra Maurício Leão, ex-presidente da AMP, a nova gestão vem com a proposta de unir o setor com a participação de todos. “A diretoria que agora inicia os trabalhos irá fomentar a participação cada vez maior de todos os psiquiatras do estado. Isso vai ser um grande diferencial dessa gestão”. Para ele a abertura da entidade às várias opiniões será vivenciada logo no primeiro evento dessa gestão. “O I Encontro de Médicos Residentes de Psiquiatria de Minas Gerais é uma mostra que a diretoria está aberta para o novo, para discutir com quem está surgindo na profissão, para os novos talentos”.

Além de Humberto Correa que assume a presidência da entidade, a nova diretoria da AMP é composta pelos psiquiatras Jesus Fernandes como vice-presidente,  Frederico Garcia como secretário,  Paulo José Teixeira como secretário adjunto, Maurício Leão como tesoureiro e Marília Brandão como tesoureira adjunta. Essa diretoria ficará à frente da AMP até dezembro de 2020, quando haverá escolha de outra gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 + cinco =