Supervisão na infância e adolescência é debatida na ESP-MG

Por Leandro Heringer

Com objetivo de debater a supervisão clínica e institucional da saúde mental na infância e adolescência, cerca de 90 profissionais de 30 municípios compareceram, ontem (26), ao terceiro evento “Encontros ESP-MG 2013 – Supervisão clínica e institucional em saúde mental” realizado pela Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) em seu auditório.

Com o tema “Supervisão na Infância e Adolescência”, os palestrantes foram o professor da Universidade de São Paulo (USP), Francisco Baptista Assumpção, e o vice-presidente da Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil (ABENEPI), José Belizário Filho, que falaram, respectivamente, sobre “Conceito, clínica e instituição” e “Prevenção, cuidado e Inclusão”.

O vice-diretor da ESP-MG, Augusto Nunes, destaca a importância da participação dos profissionais no evento. “A temática da supervisão na infância e adolescência é importante e provoca bons debates. Estamos construindo uma agenda diferenciada na saúde mental”.

O palestrante Francisco Assumpção fala sobre a história da humanidade e a saúde mental. “Nossa espécie tem 2 milhões de anos, a ética tem 2500 anos. Já a psiquiatria 300,400 anos, enquanto os direitos do doente mental 50 anos. Temos que pensar sobre isso ao debater a saúde mental”. Para o palestrante, é fundamental provocar a reflexão nos profissionais. “Minha busca é de plantar uma semente que frutifique. Há um descaso grande em relação à saúde mental na infância e adolescência. A ideia é que se possa levantar algumas dúvidas e que essas dúvidas criem ideias. Nossa situação é muito carente”, pondera. Falando sobre a saúde mental na infância e adolescência sob a perspectiva da prevenção, do cuidado e da inclusão, José Belizário ressalta que a área é geralmente excluída. “Por muito tempo as pessoas se preocuparam em dar comida para a criança. Agora, temos que cuidar também da saúde do cérebro delas”.

Assessor da diretoria da ESP-MG e preceptor de psiquiatria da residência médica da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Helian Oliveira, salientou ideias e possíveis projetos trazidos pelos palestrantes para a formação e rede de saúde mental em infância e adolescência em Minas Gerais. “O auditório estava lotado. Quem não veio perdeu. Ideias e projetos foram trazidos, inclusive na palestra do dr.Francisco Assumpção. Certamente a ESP-MG inaugurou mais uma sólida e consistente parceria”, enfatiza.

A coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas (CAPS-AD) de Oliveira, Rossana Teixeira, o evento de grande importância para qualificação. “Abre caminhos para que trabalhemos da melhor forma possível. Não podemos nos apegar às dificuldades, devemos tentar ir além. Uma dúvida que tínhamos era sobre o encaminhamento do menor usuário de drogas para o Caps Infantil ou AD e vimos que, por ser diferenciado, deve ser encaminhado ao Caps AD”.

A psicóloga do município de Pains, Adriana Gonzaga, destaca o conhecimento dos palestrantes..“As apresentações apresentaram visões diferenciadas. Tanto Francisco Assumpção quanto José Belizário são excelentes”. Nesse contexto, a auxiliar de enfermagem da equipe de apoio de centro de saúde no Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte, Ivanil Martins destaca os eventos como espaço de capacitação permanente. “É preciso que ainda mais pessoas venham acompanhar esse movimento que está ocorrendo na saúde mental. Temos que trabalhar a família que é fundamental neste momento”.

O próximo evento ocorre dia 30 de setembro com o tema “Supervisão na atenção básica e especializada” com os palestrantes Renato Diniz (PUC-MG) e Sandra Fortes (UERJ) que abordarão, respectivamente, “ A clínica nos equipamentos secundários” e “ Matriciamento e supervisão clínico-institucional na atenção básica”.
As inscrições podem ser feitas pelo e-mail inscricao@esp.mg.gov.br através do envio de formulário preenchido. As vagas são limitadas. Confira a programação dos encontros.

30.Setembro.2013 |

Supervisão na atenção básica e especializada
9h | A clínica nos equipamentos secundários
Renato Diniz (Residência IRS | PUC-MG)
Coordenação: Marcelo Arinos (ESP-MG)
12h |Almoço
14h | Matriciamento e supervisão clínico-institucional na atenção básica
Sandra Fortes (UERJ)
Coordenação: Abílio de Castro (ESP-MG)

21.Outubro.2013 |
Supervisão, clínica e instituição
9h – 11h | Implantação de serviços especializados
Willians Valentini
Coordenação: Abílio de Castro (ESP-MG)
11h – 12h | Oficina de supervisores
Almoço
14h – 16h | Exercício da supervisão
Francisco Paes Barreto (EBP)
Coordenação: Augusto Nunes (ESP-MG)
16h – 17h | Oficina de supervisores

25.Novembro.2013
10h | Lançamento do livro: Encontros ESP.1| 2013
Supervisão clínica e institucional em saúde mental
Antônio Jorge Marques
Augusto Nunes
Coordenação: Damião Mendonça (ESP-MG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


+ três = 4