XXIV Jornada Mineira de Psiquiatria entrega prêmios para os trabalhos vencedores

Foram entregues, no último dia da XXIV Jornada Mineira de Psiquiatria, os prêmios para os trabalhos vencedores do evento. Dos 23 trabalhos enviados para submissão, seis foram escolhidos para serem discutidos no evento sendo três deles vencedores. O evento de apresentação foi coordenado pelo psiquiatra Rodrigo Huguet e durou cerca de duas horas na sala Borges da Costa da Associação Médica de Minas Gerais.

Os trabalhos apresentados foram:

  • Contribuições da Psicologia diante da vitimização de militares em decorrência de desastre, de autoria de Camila Paloma Lobato Gentil Sampaio,
  • Gatekeeper Training em prevenção de suicídio para educadores de escola pública de comunidade vulnerável: Relato de experiência de Pedro Henrique Fernandes Medeiros,
  • Manifestações psiquiátricas de ENCEFALITE ANTI-NMDA: a importância do diagnóstico diferencial de Giovanna Gonçalves de Souza e Silva,
  • Uso de análogos de GLP-1 e o impacto sobre o humor e qualidade de vida dos pacientes de Maria Fernanda de Oliveira Filardi,
  • Psicologia das emergências e desastres no gerenciamento de riscos às vítimas de incidentes críticos de Camila Lobato Gentil Sampaio, e
  • Síndrome de Hiperêmese Canabidioide: Relato de caso em instituição de internação psiquiátrica de Belo Horizonte, de autoria de Edgard Leandro de Oliveira.

Os três últimos trabalhos acima foram premiados nos eixos Revisões de Literatura, Trabalhos Originais e Casos Clínicos, respectivamente. Para Edgard Oliveira “a troca de saberes e experiência é fundamental na prática médica. O paradoxo do nosso tempo não é a falta de informação, mas o oposto”. E aponta: “Em uma época de grande velocidade e quantidade de ideias, torna-se muito necessário ferramentas que consigam expor os temas com critério científico rigoroso e honestidade intelectual”.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


9 − sete =