A pandemia e a família, assunto de interesse de todos

Com a presença de quase 230 inscritos e de psiquiatras palestrantes do Sul de Minas e do Triângulo Mineiro e Alto Paraíba, a quinta videoconferência do Ciclo de Webinares da AMP, realizada na quarta-feira, 8 de julho, trouxe um tema de interesse da sociedade brasileira, grande parte dela hoje enclausurada em casas e apartamentos: ‘Como fica a família em tempos  de Pandemia’.

O primeiro assunto discutido coube à psiquiatra de Araxá, Karina Cleto, que falou  sobre ‘A pandemia mudando a rotina de  crianças com TDAH’. Já a segunda palestra ‘A família na pandemia: pandemônio?’ foi tema do psiquiatra de Três Corações, Maurício Gadben. O webinar contou com a moderação do presidente da AMP, Humberto Correa , e a participação do psiquiatra da AMP de Lavras, Hugo de Paiva Teixeira Júnior, como debatedor.

Para Karina Cleto, o impacto do isolamento social em crianças com TDAH tem implicado em reações emocionais e comportamentais, com consequências   importantes já sentidas nos consultórios. “Podemos citar aqui reações como dificuldades de concentração, ansiedade e irritabilidade, medo, inquietação, tédio, sensação de solidão e alterações no seu padrão de alimentação”, diz a médica. Para Karina, os pais têm participação fundamental  no enfrentamento a esse desafio, daí a importância de dedicar um grande tempo aos seus filhos, deixando claro que eles também têm limites. Nas aulas online, a presença dos pais e da escola torna-se ainda mais importante, dada a dificuldade de crianças portadoras de TDAH realizarem sozinhas suas tarefas.

Maurício Gadben, que além de psiquiatra é filósofo, usou uma forma mais abstrata para falar sobre o que seria a família nesta pandemia. Conforme o médico, a família não tem necessariamente de ser mais de uma pessoa e que o isolamento social tem sido positivo a partir do momento que as pessoas estão aprendendo a descobrir a família dentro do seu próprio eu e a conversar consigo mesmo: “Estamos, na verdade, pagando com juros o isolamento que já fazíamos antes mesmo da pandemia”, finaliza Gadben.

Na oportunidade, o debatedor Hugo de Paiva Teixeira lembrou a importância da família estar bem para passar por tudo isso sem adoecer.

O presidente da AMP lembrou a realização 100% on-line da XXII Jornada Mineira de Psiquiatria, do IX Congresso Latino Americano de Prevenção de Prevenção do Suicídio, a IV Jornada de Estimulação Magnética da ABECer, o Simpósio de Interconsulta do Departamento Científico de Interconsulta da AMP e o III Simpósio de Saúde Materno-Infantil do Grupo de Língua Portuguesa da Sociedade Marcé.

Inscrições para os eventos a serem realizadas de 3 a 12 de setembro: www.psiquiatriamg.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


5 − = quatro